Sequência de TODO DIA está prevista para fevereiro!

22 de jan de 2016
Um dos mais inovadores autores de livros jovem adulto e o primeiro a emplacar uma trama gay na lista do New York Times, David Levithan retoma a sua mais emblemática trama em "Outro dia". Aqui, a já celebrada — com várias resenhas elogiosas — história de Todo dia é mostrada sob o ponto de vista de Rhiannon. A jovem, presa em um relacionamento abusivo, conhece A, por quem se apaixona. Só que A, acorda todo dia em um corpo diferente. Não importa o lugar, o gênero ou a personalidade, A precisa se adaptar ao novo corpo, mesmo que só por um dia. Mas embarcar nessa paixão também traz desafios para Rhiannon. Todos eles mostrados aqui. A previsão de lançamento é para fevereiro. O OMD já resenhou Todo Dia. Confira um trecho:

Chega a ser absurdo o modo como me identifiquei com essa estória, mais precisamente com o personagem principal, o A. Todos os seus pensamentos e opiniões de alguma forma me representaram, em praticamente todas as situações, quase uma extensão de mim. Como vocês podem imaginar, o meu primeiro contato com a escrita do Levithan acabou sendo maravilhosa.

Tudo que A tem é o amanhã. A cada despertar o nosso protagonista se encontra em um novo corpo, vivendo uma nova vida, completamente diferente da que viveu ontem. Tem sido assim desde que nasceu e não há uma explicação para isso. Ele é uma espécie de hospedeiro indesejado, um andarilho. Ele pode ser uma garota hoje, um garoto amanhã, o corpo em si não importa, muito menos a raça, sexualidade ou religião, mas toda a complexidade que envolve ser alguém diferente todos os dias. Ele é ele mas é outra pessoa também. O passado não ofusca-lhe e o futuro não trás motivações. Ele nunca terá um relacionamento verdadeiro, construirá laços duradouros ou confiará segredos a alguém. Ele está só de passagem e o presente é o seu eterno destino. Conhecimento é a única coisa que leva consigo quando vai embora. Sua missão é enfrentar o dia sem mudanças que causem interferências na vida da pessoa. De duas coisas ele tem certeza: são sempre jovens com a mesma idade que a sua, 16 anos, que geralmente não lembram de nada sobre o dia em que emprestaram sua existência. Há apenas uma ideia vaga de como o dia fora sem grandes detalhes específicos. E nunca o mesmo corpo, não há repetição.

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS