[Resenha] A Vida na porta da geladeira - Alice Kuipers

18 de jul de 2014
A Vida na porta da geladeira - Alice Kuipers
Editora: WMF Martins Fontes
ISBN: 9788578271541
Ano: 2009
Páginas: 226
Classificação: 
Página do livro no Skoob / Compre!
Claire, de 15 anos, e sua mãe têm uma rotina muito atribulada. Nos raros momentos em que a mãe está em casa (ela é obstetra), a filha está na escola, com amigos ou com o namorado. Resultado: as duas quase não se veem e se comunicam deixando recados na porta da geladeira. Esses recados vão desde cobranças banais até revelações tocantes e contundentes por parte de mãe e filha durante o penoso tratamento do câncer de mama da mãe, num ano que se revelará decisivo para as duas.
Resenha:
A pequena grande estória que encontraremos no livro de Alice Kuipers provavelmente fará qualquer leitor refletir.

O livro é composto por mensagens deixadas na porta da geladeira de uma família nada unida ou calorosa. Claire e sua mãe cultivam rotinas e horários totalmente opostos e raramente se encontram pessoalmente. Sim! Elas vivem na mesma casa, sobre o mesmo teto e se comunicam apenas por recados breves e muitos deles isentos de emoção ou sentimento. Os conteúdos trocados são na maioria das vezes cobranças de uma mesada atrasada ou um lembrete dos mantimentos a serem comprados para a semana. Apesar de declararem sempre a necessidade de um tempo entre mãe e filha, as duas pouco podem fazer ou se dedicam a tomar atitudes que mudem isso.

Claire é uma adolescente como qualquer outra, não a achei rebelde ou irresponsável. Quem nunca quis passar um tempo apenas com os amigos ou namorado e esquecer um pouco da família e suas cobranças?Abrir as asas e curtir uma semi-liberdade oriunda do crescimento e amadurecimento natural? Na maioria das vezes estamos ausentes sem ter consciência disso, já perceberam algo parecido? Não temos controle de tudo, e nesse caso o mínimo não estava sendo feito. Acredito que a atmosfera familiar de Claire simplesmente tenha maximizado essa sensação, afinal, seus pais são separados e sua mãe é uma obstetra sempre de plantão e dedicada à profissão. Claire estava sempre a mercer de suas vontades.

O cenário começa a se transformar lentamente quando a mãe de Claire se descobre com câncer. Acreditem, a rotina pouco parece mudar, e isso sim é revoltante, é como se elas fossem incapazes de se dedicar a alguém que amam. Como se não houvesse tempo, sabe? Apesar dos bilhetes quebrarem um pouco o sentimentalismo presente na trama, o desfecho é tocante e a mensagem é dada com maestria. Será que realmente damos a atenção e valor real às pessoas que amamos? E o mais importante de tudo é percebermos isso antes que seja tarde. Antes que não haja se quer a possibilidade de reverter a situação. De que adianta o arrependimento ou a culpa, afinal?

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS