[Resenha] A Filha de Sangue - Anne Bishop

19 de mai de 2014
A Filha de Sangue - Anne Bishop
Editora: Saída de Emergência Brasil
ISBN: 9788567296104
Ano: 2014
Páginas: 432
Classificação: 
Página do livro no Skoob / Compre!
O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos, inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.
Resenha:
Vou definir três estágios emotivos para a leitura de A Filha de Sangue: de início vem a confusão, causada pela dificuldade em situar-se na trama, logo em seguida nos deparamos com o fascínio, ao compreendermos melhor o mundo que Anne Bishop propõe, e por último e não menos importante, o choque. Que perdura por toda a trama, de início ao fim. É estranho, viciante e extremamente apaixonante cada detalhe dessa estória.

Os Sangues foram criados para proteger os Reinos e honrar as Trevas. Com o passar dos séculos a ganância deturpou o real sentido de ser um Sangue, a essência foi perdida e o egoísmo passou a ser o centro de todas as coisas. Nesse mundo assombroso a Rainha e sua corte são as autoridades máximas, as mulheres detém o poder, governam e controlam. Os homens são mantidos com anéis de obediência, escravos sexuais impossibilitados de sentir prazer, apenas oferecer. A sociedade é dividida em castas, numa hierarquia que reparte a sociedade de acordo com a joia que cada indivíduo tem direito por progenitura. Quanto mais escura a joia mais forte é a magia, e de acordo com a cor das joias você se enquadra em algum grupo social.

Saetan é o Senhor Supremo do Inferno e durante 50 mil anos foi o soberano e guardião do Reino das Trevas, agora, velho e cansado ele só deseja esvaecer-se às sombras porém uma promessa o impede de descansar em paz. Lucivar é filho de Saetan, o terceiro macho mais forte dos reinos e devido a seu temperamento explosivo ele passa boa parte da estória preso em minas de sal, sendo torturado. Daemon é filho bastardo de Saetan e fora criado como um pária controlado pela Sacerdotisa Suprema Dorothea, um escravo sexual de renome solicitado por viúvas negras dos quatro cantos. O famoso Sádico.

Apesar de serem donos de personalidades fortes e opiniões divergentes, os três homens nobres de joia negra dividirão algo em comum... Uma antiga profecia defende que a maior Feiticeira de todos os tempos, o mito vivo está a caminho. A verdadeira Rainha dotada de poderes inimagináveis para deter o mal instalado nos reinos não é apenas um sonho.

O inesperado então acontece, Jaenelle é uma criança de apenas 7 anos que não consegue controlar a Arte básica mas realiza feitos que nem Saetan, Senhor do Inferno é capaz. Ela é a Feiticeira. Eles precisam protegê-la da atual Rainha e de todas as influências negativas que serão constantes, quem dominá-la será capaz de transformá-la em um fantoche. Jaenelle é uma garota peculiar, independente e misteriosa, ela viaja pelos territórios mais sombrios dos vivos e dos mortos, lugares temidos muitos deles proibidos, fazendo amigos perigosos e escondendo segredos. Daemon e Saetan irão treiná-la e repassar lições indispensáveis. Apesar de jovem, ela carrega fardos pesados demais e sua saúde mental e psíquica é alvo de preocupação. Como pode alguém ter posse de tanto poder? Como é possível esse equilíbrio?

Temas polêmicos permeiam todos os capítulos do enrendo, são abordados no livro estupros, assassinatos, castrações, incestos (muitos) e por último e não menos importante, o que mais me deixou pasmo: pedofilia. Daemon acredita que Jaenelle é sua amada. A tensão sexual entre os dois se desenvolve com o crescimento de Jaenelle, a escrita da autora não nos deixa sentir repulsa por essa aproximação, é incrível, até bonito em alguns momentos. Puro.

No decorrer da estória dezenas de personagens são introduzidos e o funcionamento desse mundo novo fica mais claro. O sentido não vem de forma linear mas pode ficar claro que após a última página cada palavra terá seu valor esclarecido. O mais empolgante de toda a trama são os capítulos que se passam no Inferno, que ganha toda uma interpretação grandiosa e fantástica, eu particularmente sou apaixonado por qualquer estória que envolva demônios, logo me vi encantando. Feiticeiras através de teias emaranhadas enxergam o futuro em visões, os Sangues invadem mentes, derrubando as barreiras psíquicas internas, e Jaenelle vai testar a paciência de Saetan e Daemon, os levando ao limite da fúria. Jaenelle desaparece por meses sem dar notícias... O que ela esconde em Chaillot onde vive com a família? Ela sobreviverá até a idade em que poderá assumir os Reinos? É melhor brincar com os mortos do que ser um deles, certo?

Os parágrafos acima foram escritos da forma mais enxuta que consegui e acreditem, não comentei nem um terço de toda a grandiosidade que é essa estória. A capa conta com corte especial e a diagramação está impecável, a Saída de Emergência Brasil me deu um dos livros mais lindos que possuo na estante. Leiam!

0 comentários:

Postar um comentário

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS