[Resenha] Olho por olho - Jenny Han, Siobhan Vivian

12 de set de 2013
Olho por olho -  Jenny Han, Siobhan Vivian
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581632780
Ano: 2013
Páginas: 320
Classificação: 
Página do livro no Skoob
Alguma vez você já quis realmente se vingar de alguém que a ofendeu? Talvez uma ex-amiga que a apunhalou pelas costas, ou um namorado traidor, ou um estúpido da escola que a humilhou desde que você era pequena… Alguma vez você já sonhou em envergonhá-lo na frente de todos? E, então, alguma vez você se uniu com outras duas pessoas para criar um elaborado esquema de destruição e revanche? A maior parte de nós não pode dizer que sim a todas essas perguntas (felizmente). Mas, certamente, todos nós somos capazes de nos identificar com muitos dos sentimentos de Kat, Lillia e Mary em Olho por Olho… No entanto, de um exercício de malícia, de uma simples brincadeira adolescente, o jogo do “aqui se faz, aqui se paga” poderá assumir proporções trágicas, em que até mesmo as leis da natureza vão se dispor, misteriosamente, a acalmar os corações ofendidos. Deixe-se levar por uma genuína história sobre o certo e o errado, o justo e o injustificável e procure entender — se possível — os verdadeiros motivos que transformaram estas três meninas. Dramático, honesto e fascinante, este é um livro que ultrapassa todas as expectativas!

Resenha:
A Ilha Jar não muda, nunca. Ela resiste a mudanças, tem seu próprio ritmo e faz com que as pessoas finjam que o mundo parou de girar. A ambientação em um lugar tão próprio, único, deixou um clima de mistério bem propício para o que se passou nas páginas da trama. A Ilha Jar fez diferença nessa estória.

Quatro anos se passaram e Mary está de volta, uma série de acontecimentos traumáticos envolvendo bullying, e claro, um garoto a fizeram deixar a Ilha. Agora ela está de volta decidida a mostrar o quanto mudou e está linda. Sua dificuldade em lidar com a situação é notável, seus sentimentos em relação a Reeve são confusos e ele não parece lembrar quem ela é... quem ela foi e o quanto a machucou.Lilia não se sente feliz a algum tempo mesmo sendo uma das garotas mais ricas da Ilha. Sua maior preocupação é proteger sua irmã mais nova, Nadia. É fácil simpatizar por suas atitudes, ela é humilde e pés no chão diante tantas vantagens sociais. Uma verdadeira heroína pelo simples fato de aturar Rennie, uma patricinha mimada e fútil, tão irritante e desprezível que chega a doer, onde sua maior ocupação é espalhar boatos e humilhar Kat, que um dia fora sua melhor amiga junto a Lilia.

Quando a fé depositada no carma se rompe, três garotas irão se unir para vingarem aqueles que elas julgam merecer uma lição. Elas estão cansadas de esperar que a vida dê o troco e vão fazer justiça com as próprias mãos. Mary irá vingar-se do garoto responsável por toda a sua dor, Kat pela garota que a humilha diariamente e Lilia acabará com o garoto que está abusando de sua pequena irmã. Mesmo que os planos saiam de controle, e acreditem, eles vão sair, nenhuma delas pode desistir. É um pacto, um segredo, elas irão até o fim?

Pode soar cruel mas no fundo eu acabei achando boa parte das vinganças justificadas. Ninguém é Deus, eu sei, mas uma revanche pode ser deliciosamente satisfatória. Entra em questão aqui o debate entre o que é certo e errado, os limites e claro, as consequências que ocorrem quando tudo ultrapassa as expectativas. Até onde você iria para dar fim aos seus traumas. E se isso te causasse dor ao invés de te acalmar? Quanto mais conhecia os personagens mais me envolvi e pude entender cada motivo que levou as garotas a fazerem aquilo. Mary é o elo mais fraco e também o mais especial, há uma ponta de sobrenatural em sua atuação e o próximo volume da série deve se aprofundar nesse quesito, não esperava algo desse estilo, foi uma surpresa boa e diferencia totalmente o romance de outros. Kat é a malvada-gênio-forte, a dor de perder a mãe para o câncer e ser trocada por suas melhores amigas ajudou a criar uma espécie de escudo. Lilia é o equilíbrio do trio, e uma personagem que não construí opinião concreta, ela me pareceu muito suscetível a mudanças, falsa é a palavra. Adorei-a e ao mesmo tempo mantive meu pé atrás.

Sou contra capas de livros com pessoas mas admito que vou abrir uma exceção, Olho por Olho me agradou até nesse aspecto. A narrativa é dividida entre  as três garotas: Kat, Mary e Lilia. As descrições físicas, de vestimentas e até de expressão corporal se adequam a capa, é assustador, eu me vi retornando a capa várias vezes durante a leitura. Novo Conceito, parabéns! Como os capítulos são intercalados o ritmo da leitura é frenético, a escrita é viciante e minha curiosidade ainda se mantém. O desfecho é uma tortura, preciso da continuação! Me surpreendeu e acabou me lembrando Tudo que ela sempre quis. Leitura favorita de 2013!

18 comentários:

  1. eu gosto de capa de livros com pessoas mas nem todas sao boas
    essa eu gostei
    cara esse livro tem dado o que falar
    eu vou ler assim q der.
    http://www.seguindoocoelhobrancoo.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Bem vindo ao mundo feminino, Felipe! Esse livro com certeza conta tudo o que acontece por trás das amizades entre garotas. E é por isso que tenho muita vontade de lê-lo, só pra não pensar que brigas e ciúmes entre amigas só acontece comigo '-' rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vocês, garotas, podem ser beeeeeem maldosas, viu? hahahaha

      Excluir
  3. Estava na duvida entre este livro e outro pra minha próxima leitura, mas depois dessa resenha, com certeza vai ser esse! Parabéns

    ResponderExcluir
  4. Vingança, bullyng, certo ou errado? Gente que livro é esse? Curti a sua resenha

    ResponderExcluir
  5. Depois dessa resenha fiquei com vontade de ler esse livro!
    Apesar de ter um certo receio da Jenny Han, darei uma chace para esse livro! ;) kkk

    ResponderExcluir
  6. sou APAIXONADA por histórias de vingança ahahaha esse livro é um que eu realmente estou ansiosa para ler e a sua resenha me fez querer muito mais por causa da excelente avaliação! tenho que concordar com você: uma das minhas poucas regras com capa de livros é evitar ao máximo quando tiver modelos/gente na capa, mas essa tá tããão linda que eu quero assim! Pouca gente sabe, mas eu comecei a escrever um livro esse ano e achei a historia de Olho por Olho um pouco parecida então fico feliz de terem gostado, espero que gostem do meu também hahaha
    Beijos!

    www.centraldaleiturablog.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A temática de vingança sempre rende livros bons, QUERO LER O SEU, AAAAAAAAAAAAAAAAAA

      Excluir
  7. Sua resenha me interessou muito, só não gostei de saber que é uma série... Poxa, o povo hoje só escreve séries, já tá abusando.
    A curiosidade tá grande quanto a este livro, acho que vou abrir mais uma exceção no meu "jejum" de séries.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas quando a série é boa é legal acompanhar, sabia? Eu quis saber mais sobre os personagens e tudo mais.

      Excluir
  8. Concordo com você quando diz que é fã de capa com pessoas na frente. Porém, com uma sinopse desta é impossível levar este ódio a sério, e após a sua resenha acabou levantando mais o meu astral para poder obter o livro rs

    ResponderExcluir
  9. Tou muito curiosa pra saber como é essa vingança haha! Adorei saber que a história acontece em uma ilha, não vejo a hora de ler.
    A eu não gosto realmente de pessoas nas capas, nem com ele foi diferente :(

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Talvez quando você lê-lo sua opinião mude, Cris! :]

      Excluir
  10. MENTIRA?? NÃO PODE SER???? POR ISSO QUE DESDE A PRIMEIRA VEZ QUE EU VI A CAPA ME APAIXONEI!! EU AMEI TUDO QUEE ELA SEMPRE QUIS.EU QUEROOOOOOOO

    ResponderExcluir
  11. Esse livro parece ser bem legal, uma leitura bem suave. Gostei de umas citações que vi em um blog e isto me fez procurar mais resenhas sobre este livra e cada vez mais me encanto por ele.
    Gostei da resenha parabéns! Pelo o que eu li Lillia deve sofre bastante hein?! Fiquei até com pena dela, de ter uma amiga tão falsa quanto a Rennie. Nossa esse livro realmente me deixou curiosa para saber do futuro da Lillia. Espero futuramente ler esse livro, parece ser legal!

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Me apaixonei por este livro quando li a sinopse e estava ansiosa para ler uma resenha sobre ele.E somente me animei, uma tema mais abortado em filmes, mas gostei por que nunca li um livro que falasse sobre isso!!
    E também adorei esta capa!!

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

TERROR

Jantar Secreto - Raphael Montes
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de...
Jogos Macabros - R. L. Stine
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros...
Psicose - Robert Bloch
O clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964...
Nosferatu - Joe Hill
Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...
O Vale dos Mortos - Rodrigo De Oliveira
Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa...

FANTASIA/ POLICIAL

LEIA MAIS

ESPECIAIS ♥

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar...
O Livro de Memórias - Lara Avery
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível.E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença...
Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da...
Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff
Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital...
Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia...

POLICIAL

LEIA MAIS