Uma semana com J.K. Rowling

26 de jan de 2013
Prontos para uma semana mágica? Está oficialmente aberta Uma semana com J.K. Rowling! Ao longo dessa semana o Omd está repleto de postagens a respeito da autora, vocês poderão conferir as resenhas dos sete livros da saga Harry Potter e alguns posts especiais. Empolgados? Então, vamos começar!


A escritora britânica Joanne Kathleen Rowling nasceu na cidade de Yate, nas proximidades de Bristol, na Inglaterra, em 31 de julho de 1965. Ela se tornaria célebre pela criação do bruxinho Harry Potter, que lhe renderia sete volumes de uma série premiada e aceita quase unanimemente pela crítica e pelo público. Desde cedo a autora cultivava o gosto da leitura, e vários escritores despertaram na menina o desejo de ser uma escritora. Durante a infância ela nutria um amor incondicional por seus avós paternos, seus prediletos. Sua avó, Kathleen Ada Bulgen Rowling faleceu quando a garota tinha apenas 9 anos. Em sua homenagem, Joanne adota seu nome, representado pela letra ‘K’, para completar seu nome artístico – J.K. Rowling. Atendendo aos apelos de seus genitores, a criadora de Harry Potter cursou Língua e Literatura Francesa na Universidade de Exeter, ao invés do curso de língua inglesa que pretendia fazer. Após sua graduação, ela deu sequência à formação na capital francesa, aí permanecendo durante um ano. Voltando à Inglaterra, começou a trabalhar na Anistia Internacional em Londres, como secretária bilingue e investigadora.


Ansiando por concretizar seu sonho de escrever, deixou o cargo e foi para Portugal no ano de 1991. Neste país ela dava aulas de Inglês à tarde e à noite e, pela manhã, costumava escrever nas mesas dos cafés do Porto, cidade em que permaneceu por cinco anos. Neste ritmo ela deu início a sua trajetória literária, mais especificamente à criação de sua saga. Ela preservaria a rotina de escrever nos bares, mas seu livro, o primeiro Harry Potter, só foi concluído depois que ela se divorciou do marido, o português Jorge Arantes, e seguiu com sua primogênita para Edimburgo, na Escócia. Foi uma longa jornada até que Harry Potter e a Pedra Filosofal fosse aceito pelo mercado editorial. A autora teve que realizar um ‘tour’ por diversas editoras, e em 1994 experimentou a miséria e um estado depressivo, até a Bloomsbury decidir lançar sua primeira obra como mais uma na galeria da literatura infantil. Quando enfim ele foi publicado, em junho de 1997, Joanne ministrava aulas de francês. O sucesso foi instantâneo, vieram os primeiros prêmios no campo dos livros para crianças. Ela conquistou até mesmo a premiação de Livro Infantil do Ano, concedido pelo British Book Awards. Ao negociar seus direitos como autora para os Estados Unidos, por cento e cinco mil dólares, valor inigualável para uma escritora em início de carreira, ela pode deixar as aulas e se devotar integralmente ao restante da saga Harry Potter.

Sua obra prosseguiu a trajetória ascendente, mantendo-se sempre nos primeiros lugares entre os livros mais vendidos, tanto na categoria infantil, quanto na adulta. Os fãs cresceram a cada volume, especialmente quando a saga foi convertida para as telas dos cinemas, em 2001, ampliando ainda mais as vendas dos livros. A ansiedade dos leitores era tanta, que Rowling teve que ceder as suas pressões e antecipar o lançamento do segundo volume, Harry Potter e a Câmara Secreta, de setembro para junho de 1999. A terceira parte, Harry Potter e o Prisioneiro de Azkabam, publicada neste mesmo ano, em setembro, conquistou ainda mais prêmios e um sucesso ainda maior. Em 2000 Rowling publicou Harry Potter e o Cálice de Fogo e negociou seus direitos literários com uma famosa empresa cinematográfica, cedendo assim os primeiros volumes para lançamento nos cinemas. Depois vieram Harry Potter e a Ordem da Fênix, em 2003, Harry Potter e o Enigma do Príncipe, em 2005, e Harry Potter e as Relíquias da Morte, em 2007. Hoje ela é a escritora mais rica e poderosa do Planeta, e pode assim converter sua fortuna no auxílio à luta contra enfermidades, a desigualdade e a miséria do mundo. Sua obra já foi traduzida para sessenta e quatro idiomas, e a revista Forbes a considerou, em 2004, a primeira criadora literária a conquistar bilhões de dólares com esta atividade.

 Em 2001 ela se casou novamente, com o anestesista Neil Michael Murray, com quem teve dois filhos, David e Mackenzie, além de Jessica, do primeiro matrimônio. Em fevereiro de 2009, ela obteve das mãos de Nicolas Sarkozy, presidente francês, a divisa de Cavaleiro da Ordem da Legião de Honra.

Amanhã tem mais J.K.!

26 comentários:

  1. Gostei do post, e sempre bom conhecer um pouco da vida dos autores.

    ResponderExcluir
  2. Ainda não li a saga Harry Potter, mas vi os filmes. Estou curiosa para ler The Casual Vacancy, acho que vou gostar.

    ResponderExcluir
  3. Amo essa mulher, sério. SUA DIVA!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Nunca li HP, mas não é por isso que não vá admirar uma autora como está, mundialmente conhecida e reconhecida :D

    ResponderExcluir
  5. Olha, eu não tenho muito mais o que acrescentar sobre J.K. pois acho ela fantástica, inigualável e midas, sim, midas... ela transformou papel em ouro.
    Ela conseguiu mudar a história da literatura, conquistando novos leitores e fazendo com que a gente pudesse sentir que a magia realmente existe!!!
    NADA pode ser comparado a isso!!!

    ResponderExcluir
  6. Conferindo as resenha. Quanta coisa!!! Acho que nunca vi tanto dela antes...

    ResponderExcluir
  7. Bom conhecer mais sobre a autora de HP, por quem eu já tenho admiração mesmo não tendo lido nenhuma de suas obras ;)

    ResponderExcluir
  8. Adorei a semana com JK! Post's muito legais *U*
    Amei tudo mesmo.

    ResponderExcluir
  9. Rowling é genial porque criou um mundo de bruxos organizando tudo que já existia a respeito de um modo profundamente encantador S2!

    Miquilis: Bru

    ResponderExcluir
  10. Nunca me canso de ler coisas sobre J.K. Rowling e Harry Potter!
    Adorei a semana sobre HP.

    ResponderExcluir
  11. poxa essa mulher é incrivel
    um dia serei como ela viu

    ResponderExcluir
  12. Sofreu críticas, acusações de plágio, mas quem é rainha, nunca perde a majestade! Queria muito que ela continuasse escrevendo sobre os personagens da saga, especialmente sobre o Sirius.

    ResponderExcluir
  13. Adoro saber mais da vida dos autores. Principalmente desta incrível mulher, talentosíssima.

    Parabéns pelo post e pelo blog. Já estou amando aqui.

    Bjs,
    www.acervodemiss.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Não vi todos os filmes e não li nenhum livro, mas admiro a criatividade e imaginação dela.
    Achei que ficou um pouco cansativo a história, de tão grande. Mas tem seu charme. ;)

    ResponderExcluir
  15. Paula C.13:59

    Vi apenas dois filmes da saga e não li os livros também. Mas ela é bem criativa e fico pensando como ainda o primeiro livro dela da saga ainda chegou a ser rejeitado, e hoje é sucesso mundial.

    ResponderExcluir
  16. Vi todos os filmes da saga e também li todos os livros, sendo assim posso afirmar com certeza que os livros são incrivelmente bem escritos e sem comparação com os filmes.

    ResponderExcluir
  17. Ela é muito guerreira... A mulher é demais! Mesmo depois de tantas dificuldades ela não desistiu de publicar o primeiro livro da saga mais maravilhosa do mundo. Assisti aos filmes, quando saíram, nunca tinha tido interesse em ler os livros, até que um dia meu amor trouxe para casa os quatro primeiros volumes, comecei a ler e não consegui mais parar, até cachecol da "GRINFINÓRIA" eu pedi a minha mãe pra fazer e os meu presente de aniversário de 25 anos foram os bonecos de Harry, Ron, Mione, Dumbledore e Hagrid.

    ResponderExcluir
  18. A autora dos livros da minha infância, só amores

    ResponderExcluir
  19. Adoro a J.k . Ela é genial e mostrou que é capaz de escrever qualtipo de história com o novo livro

    ResponderExcluir
  20. Uma semana dedicada à melhor escritora do universo! Mais do que merecido. Ela escreveu os meus livros favoritos, meus amores, meus amigos! <3

    ResponderExcluir
  21. Muito legal, amo a J.K. Rowling

    ResponderExcluir
  22. eLA É UMA RAINHA!!!!

    ResponderExcluir
  23. Quando uma pessoa é talentosa não há nada nesse mundo que possa impedi-la de seguir pra frente, foi o que aconteceu com J.K Rowling, são essas pessoas que da forma mais honesta consegue ser reconhecida por muitos anos e no caso da J.k será para sempre, pois sua história torna-se um exemplo para cada um que queira seguir uma vida de sucesso e amor no que faz.Espero ver mais vezes grandes trabalhos da talentosa escritora. Abraços =)

    ResponderExcluir
  24. Em pensar que no começo sofreu para achar uma editora para publicar seus livros. Devem estar se matando até hoje.
    Uma mulher exemplo, ótima escritora e fã do que escreve. =)
    Especial digno.

    ResponderExcluir
  25. Ta aí a minha autora preferida, maldita ou bendita imaginação criativa! Amo e odeio ela ao mesmo tempo, amo por todo seu trabalho, competência, criatividade e odeio por não ser nem 1% do que ela é :C

    ResponderExcluir
  26. J.K. Rowling é uma maravilhosa escritora mesmo!!

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS ANTIGAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS