[Resenha] Ladrão de Almas - Alma Katsu

18 de dez de 2012
Ladrão de Almas - Alma Katsu
Editora: Novo Conceito
ISBN: 9788581630373
Ano: 2012
Páginas: 432
Página do livro no Skoob
Classificação: 
No turno da noite em um hospital em Maine, Dr. Luke Findley espera ter outra noite tranquila com lesões causadas pelo frio extremo e ocasionais brigas domésticas. Mas no momento em que Lanore McIlvrae — Lanny — entra no pronto-socorro, ela muda a vida dele para sempre. Uma mulher com passado e segredos misteriosos, Lanny não é como outras pessoas que Luke já conheceu. Ele é, inexplicavelmente, atraído por ela... mesmo ela sendo suspeita de assassinato. E conforme ela conta sua história, uma história de amor e uma traição consumada que ultrapassa tempo e mortalidade, Luke se vê totalmente seduzido. Seu relatório apaixonado começa na virada do século XIX na mesma cidadezinha de St. Andrew, Maine, quando ainda era um templo Puritano. Consumida, quando criança, pelo amor que sentia pelo filho do fundador da cidade, Jonathan, Lanny qualquer coisa para ficar com ele para sempre. Mas o preço que ela paga é alto — um laço imortal que a prende a um terrível destino por toda a eternidade. E agora, dois séculos depois, a chave para sua cura e salvação a depende totalmente de seu passado. De um lado um romance histórico, de outro uma história sobrenatural, The Taker é uma história inesquecível sobre o poder do amor incondicional não apenas para elevá-lo e sustentá-lo, mas também para cegar e destruir — e como cada um de nós é responsável por encontrar o próprio caminho para a redenção.
Resenha:
Lanny matou um homem a facadas e deixou o corpo na floresta, ela é uma assassina. Antes de ser levada a delegacia, os policiais a levam ao hospital e durante os exames  ela convence o médico de plantão a ajuda-la. Ela se esfaqueia e demonstra uma capacidade anormal, sua pele imediatamente se fecha e ela é curada. Entendem como é improvável ? O Luke, médico, larga tudo por uma desconhecida que se diz imortal, por mais que sua vida esteja cansativa e fora dos trilhos, achei essa atitude meio desesperada e totalmente fora do comum. Eu, numa situação dessa ficaria assustado demais para ter pena de alguém.

 Os capítulos são intercalados entre os dias atuais, narrando a fuga de Luke e Lanny em terceira pessoa e num outro momento, conhecemos a estória de Lanny, de séculos atrás até o presente, onde tudo começou...

Lanny foi uma personagem que mantive uma relação de amor e ódio, em momento algum ela se tornou chata ou cansativa, e considerando que ela cultivava um amor obsessivo pelo jovem Jonathan, isso é algo a se considerar. Desde nova ela admirava a vida que a prostituta mais famosa da cidade levava, e não é para menos que anos mais tarde ela acaba se tornado uma. Com um diferencial, ela se torna imortal nas mãos do tirano Adair.

"Me ouça, Lanore, estou prestes a dar a você um presente raro. Você compreende? Se eu não intervir, você morrerá. Então, esta será nossa troca… Estou pronto para resgatá-la quando morrer e trazer sua alma volta para este mundo. Mas isso significa que você pertencerá inteiramente a mim, não apenas seu corpo. Ser dono do seu corpo é fácil, posso fazer isso agora mesmo. Quero mais de você; quero sua alma ardente. Você concorda com isso?" (Adair) Trecho da página 155.

Para mim, o melhor momento do livro é quando descobrimos a estória do Adair, é incrível, magia, poções, estupros, suspense, roubos, castigos. Após isso, o livro se abre para o mundo sexual, eu amei a tensão que a autora soube brilhantemente dosar durante o enredo. E até agora não consigo dizer se amo ou odeio a Lanore, posso ama-la por ser tão poderosa na cama, por ser corajosa e assumir esse lado erótico. Mas devo odiá-la por ser apaixonada pelo Jonathan e não me convencer desse amor, por ser tão insensível com a família, por abandonar tudo por um homem.

Quando vi a capa desse livro, assim como muitos, eu me apaixonei e decidi que leria e ponto final. Meio estranho, mas só fui ler a sinopse quando estava com ele em mãos. Terminada a leitura, tenho muitas observações a fazer.  Esperava que Ladrão de Almas tivesse uma pegada mais sobrenatural mas a autora focou no romance. Me perdoem, mas com esse título, eu jamais esperaria tantas relações sexuais detalhadas, relações homossexuais inclusive. Eu simplesmente virei fã da autora, ela criou uma obra sobre imortalidade totalmente hot. Nada de vampiros, lobisomens e fadas, ou seja algo diferente e brilhante. Claro que nem tudo foram flores, essa é a primeira ficção da autora e tenho pontos a questionar. Apesar de achar a capa belíssima, sinto que a arte poderia ter sido algo mais sombrio ou quente, imagino mil e uma possibilidades que tivessem mais haver com o enredo. O livro é dividido em quatro partes, achei o início um pouco lento e apenas na segunda parte a estória engatou e ficou impossível de largar. No desfecho do livro eu fiquei totalmente entediado e demorei bastante para ler trinta páginas, não gostei. Como um todo o livro merece ser lido, super recomendo, só não vejo como a autora vai dar continuidade, já que não ficaram muitos pontos soltos. Serão três livros ao total, vamos ver o que nos aguarda.

6 comentários:

  1. Juro que não esperava esse toque erótico ao livro...
    tive a mesma impressão que vc!
    A capa é linda, mas como diz o ditado, quem vê cara não vê coração...
    Estou em dúvida sobre ler agora!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu só conheci este livro depois que o ganhei em uma promoção, e depois foi que comecei a ler (ou pelo menos atentar para) resenhas sobre ele. Não sabia desse lado mais hot, nem que fazia parte de uma trilogia. Cada vez estou com mais vontade de começar a ler, só falta ele chegar aqui em casa agora hehe

    ResponderExcluir
  3. Acabei de receber Ladrão de Almas e já estou louca para ler no Carnaval e poder tirar minhas próprias conclusões *-*

    ResponderExcluir
  4. Fiquei muito curiosa pra ler esse livro, me chamou atenção pelo título e capa, depois da sua resenha me deu ainda mais vontade de ler.

    ResponderExcluir
  5. Eu sempre tive curiosidade a respeito desse livro. Quando vi, me apaixonei por essa capa linda, mas nunca imaginei que seria assim tão hot.

    ResponderExcluir
  6. Amei a capa, sou louca por uma bela capa, mas parei de julgar os livros pela capa. sério aprendi muito com meus erros. Sua resenha descreve a mesma percepção que a minha..

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

TERROR

Jantar Secreto - Raphael Montes
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de...
Jogos Macabros - R. L. Stine
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros...
Psicose - Robert Bloch
O clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964...
Nosferatu - Joe Hill
Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...
O Vale dos Mortos - Rodrigo De Oliveira
Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa...

FANTASIA/ POLICIAL

LEIA MAIS

ESPECIAIS ♥

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar...
O Livro de Memórias - Lara Avery
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível.E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença...
Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da...
Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff
Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital...
Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia...

POLICIAL

LEIA MAIS