[RESENHA] Cuco - Julia Crouch

23 de out de 2012
Cuco - Julia Crouch
Editora Novo Conceito
ISBN: 9788581630229
Ano: 2012
Páginas: 464
Página do livro no Skoob
Classificação: 

Polly é a mais antiga amiga de Rose. Então quando ela liga para dar a notícia que seu marido morreu, Rose não pensa duas vezes ao convidá-la para ficar em sua casa. Ela faria qualquer coisa pela amiga; sempre foi assim. Polly sempre foi singular — uma das qualidades que Rose mais admirava nela — e desde o momento em que ela e seus dois filhos chegaram na porta de Rose, fica óbvio que ela não é uma típica viúva. Mas quanto mais Polly fica na casa, mais Rose pensa o quanto a conhece. Ela não consegue parar de pensar, também, se sua presença tem algo a ver com o fato de Rose estar perdendo o controle de sua família e sua casa. Enquanto o mundo de Rose é meticulosamente destruído, uma coisa fica clara: tirar Polly da casa está cada vez mais difícil.
Resenha:
Já comentei em resenhas passadas o quanto livros mechem com minhas emoções, com esse em especial, as pancadas de raiva que me abalaram durante toda a leitura foram devastadoras. Rose e Polly se conheceram na infância, tornaram-se melhores amigas e moraram juntas desde os dezesseis anos de idade, ambas guardam segredos que podem mudar suas vidas. Polly se tornara uma cantora e Rose, professora. Talvez a vida não tenha tomado o rumo que ambas planejaram...

Não se pode negar amparo aos amigos, certo? Não seria correto deixar a viúva Polly e seus filhos passarem por um momento tão difícil como esse sozinhos. A contra gosto de seu marido, Rose convida sua amiga de velhos tempos para passar um tempo em sua casa até que a poeira baixe, por solidariedade e pelos velhos tempos. Polly é o ser mais sem noção que já conheci nesse vasto mundo literário, ela simplesmente chegou, se acomodou e não quis mais sair, Rose não poderia imaginar o quão definitivo isso se tornaria e a influência das atitudes da amiga em sua rotina. Sua casa se torna um caos, em diversos momentos não temos a certeza de que Polly é a responsável pelas atrocidades que acontecem mas  percebe-se quem é a causadora dos problemas. Rose acaba perdendo o controle, adoecendo, ganhando fama de louca e sua imagem de mãe e esposa é digredida, Polly acaba preenchendo esse espaço, tornando-se a mãe responsável e esposa dedicada, se tornando o ponto de paz, o equilíbrio da família...

Estou digitando esta resenha com todo o ódio que me é permitido sentir, percebem? Assim que Cristos morreu eu pensei "foi a Polly que matou", quando ela se muda e começa a agir como um verdadeiro Cuco, eu tive a certeza disso. No livro não é confirmado isso,então para mim ela matou ele e se mudou para roubar o Garrent, marido de Rose,que por sinal é um pouco tonta e lerda. No decorrer da leitura tudo me indicou a acreditar de verdade nisso, o passado das duas esconde segredos fortíssimos. Leiam e concordem ou não comigo.

Rose percebe o que está acontecendo um pouco tarde demais mas será que ainda é possível restaurar a sua vida arruinada? O desfecho de Cuco não poderia ter sido mais adequado. Eu já esperava algo assim, não foi meu final perfeito mas gostei.

2 comentários:

  1. Hmm amigas na infância rivais quando adultas
    parece ser um livro bem diferente ^^
    vc não gostou do final pois era meio óbvio? Foi isso? Bom as vezes acontece né

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

TERROR

Jantar Secreto - Raphael Montes
Um grupo de jovens deixa uma pequena cidade no Paraná para viver no Rio de Janeiro. Eles alugam um apartamento em Copacabana e fazem o possível para pagar a faculdade e manter vivos seus sonhos de...
Jogos Macabros - R. L. Stine
Conhecido mundialmente por seus livros de terror e suspense, com centenas de milhões de exemplares vendidos, R. L. Stine desponta no cenário da ficção juvenil pela genialidade na criação de enredos sinistros...
Psicose - Robert Bloch
O clássico de Robert Bloch, foi publicado originalmente em 1959, livremente inspirado no caso do assassino de Wisconsin, Ed Gein. O livro teve dois lançamentos no Brasil, em 1959 e 1964...
Nosferatu - Joe Hill
Victoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...
O Vale dos Mortos - Rodrigo De Oliveira
Com passagens por Brasília, Estados Unidos, China e França, O Vale dos Mortos baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa...

FANTASIA/ POLICIAL

LEIA MAIS

ESPECIAIS ♥

Juntando os Pedaços - Jennifer Niven
Jack tem prosopagnosia, uma doença que o impede de reconhecer o rosto das pessoas. Quando ele olha para alguém, vê os olhos, o nariz, a boca… mas não consegue juntar...
O Livro de Memórias - Lara Avery
Sammie sempre teve um plano: se formar no ensino médio como a melhor aluna da classe e sair da cidade pequena onde mora o mais rápido possível.E nada vai ficar em seu caminho — nem mesmo uma rara doença...
Simon vs. a agenda Homo Sapiens - Becky Albertalli
Simon tem dezesseis anos e é gay, mas ninguém sabe. Sair ou não do armário é um drama que ele prefere deixar para depois. Tudo muda quando Martin, o bobão da...
Quando finalmente voltará a ser como nunca foi - Joachim Meyerhoff
Isso é normal? Crescer entre centenas de pessoas com deficiência física e mental, como o filho mais novo do diretor de um hospital...
Eu Te Darei o Sol - Jandy Nelson
Noah e Jude competem pela afeição dos pais, pela atenção do garoto que acabou de se mudar para o bairro e por uma vaga na melhor escola de arte da Califórnia...

POLICIAL

LEIA MAIS