[RESENHA] Cilada - Harlan Coben

12 de abr de 2012
Cilada - Harlan Coben
Editora Sextante
ISBN: 9788599296936
Ano: 2010
Páginas: 272 
Classificação: 
  
Haley McWaid tem 17 anos. É aluna exemplar, disciplinada, ama esportes e sonha entrar para uma boa faculdade. Por isso, quando certa noite ela não volta para casa e três meses transcorrem sem que se tenha nenhuma notícia dela, todos na cidade começam a imaginar o pior. O assistente social Dan Mercer recebe um estranho telefonema de uma adolescente e vai a seu encontro. Ao chegar ao local, ele é surpreendido pela equipe de um programa de televisão, que o exibe em rede nacional como pedófilo. Inocentado por falta de provas, Dan é morto logo em seguida. Na junção dessas duas histórias está Wendy Tynes, a repórter que armou a cilada para Dan e que se torna a única testemunha de seu assassinato. Wendy sempre confiou apenas nos fatos, mas seu instinto lhe diz que Mercer talvez não fosse culpado. Agora ela precisa descobrir se desmascarou um criminoso ou causou a morte de um inocente. Nas investigações da morte de Dan e do desaparecimento de Haley, verdades inimagináveis são reveladas e a fragilidade de vidas aparentemente normais é posta à prova. Todos têm algo a esconder e os segredos se interligam e se completam em um elaborado mosaico de mistérios. Harlan Coben mais uma vez deixa o leitor sem ar. Cilada fala de culpa, luto e perdão em uma trama repleta de reviravoltas surpreendentes. Nada é o que parece e tudo pode ser desfeito até a última página.
Resenha:
O problema de livros policiais é que, chega um momento em que você não aguenta mais a quantidade de pistas, você não aguenta o surgimento de tantos personagens do nada, você fica meio perdido sabe? É muita informação, você para e pensa,”Opa, fulano fez isso por isso e aquilo mas sicrano ajudou, mas espera fulano não estava em tal lugar, mas sicrano morreu, opa, socorro”. Me entendem? Por isso nunca fui muito fã do gênero. O meu terceiro livro de 2012 foi "Cilada", e posso dizer que tenho um novo autor favorito, Harlan Coben ganhou meu respeito e desejo todos os livros desse fenômeno a-g-o-r-a. Ele conseguiu me prender em um livro de investigação, onde nada é o que parece, onde tudo o que você acha é desmentido mais na frente, onde todos tem motivos e ninguém fala a verdade, é tanta mentira, tantos acontecimentos, tantos personagens, mas juro que não me cansei do enredo um segundo, pelo contrário, fiquei viciado na trama e li o livro em três dias. Amei, amei, amei.

Wendy Tynes é uma jornalista popular da NTC News, em seu programa de TV ela atrai pedófilos e os desmascara em frente as câmeras, um sucesso de audiência. Wendy então finge ser uma adolescente de 13 anos e atrai Dan Mercer, um suposto pedófilo, para uma cilada. Mas apesar da grande repercussão, Dan é inocentado pela falta de provas. Em todo o livro eu não consegui dizer se Dan era mesmo culpado, não consegui sabe? Em todos os momentos ele me pareceu íntegro e uma boa pessoa. Por outro lado, temos a história de Haley McWaid, uma adolescente de 17 anos, que simplesmente sumiu. Ninguém sabe se fugiu, foi sequestrada ,se está viva ou morta, três meses se passaram e a única pista sobre seu paradeiro surge quando Dan Marcer é morto. A única testemunha do crime é a própria Wendy. Ela apesar de tudo, não consegue acreditar que Dan seja realmente um desses caras que abusam de crianças e com medo de ter causado a morte de um inocente Wendy começa a investigar em busca da verdade. 

Dan Mercer era mesmo um pedófilo? Qual a ligação com Haley McWaid? Wendy descobre muitas e muitas coisas,ela volta no passado pra tentar resolver esse mistério.

Primeiro que essa capa é linda, eu ficava o tempo todo me perguntando se ela diria alguma coisa sobre o paradeiro de Haley, de certo modo ela me deu esperanças. Não pense que você é um leitor esperto e vai desvendar todo o mistério na metade do livro, porque você não vai. Nenhuma teoria que você crie vai se encaixar, o final do livro é absurdamente genial. É como se todos do livro tivessem contribuído, de certa forma todos eram culpados, sério são reviravoltas demais pra um livro só. A mensagem final do livro é sobre o perdão. Tem coisa mais nobre?


4 comentários:

  1. Adorei esse livro! Muito bom e adoro como ele cria e rebusca personagens de outros livros. Amo Coben!

    ResponderExcluir
  2. Que pena que você não é fã do genero, é um dos meus favoritos, depois da aventura é claro, rs.

    Bjus!

    sonholiterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Coben é incrível meeeeeeesmo! Já leu "desaparecido para sempre"? É muito bom também!

    ResponderExcluir
  4. Felipe como falei antes sou apaixonada por suspense..E Harlan é o mestre nesse gênero, e te entendo ele faz tantas pistas, que pensamos saber quem é o culpado, mas não adianta ter esperança só vai saber no último paragrafo do livro...

    ResponderExcluir

Não esqueça de dar sua opinião nesse espaço.Seu comentário é muito importante.
O QUE ACHOU DESSE POST?

Resenhas

Alien - Alan Dean Foster
A tripulação da nave Nostromo é despertada antes do tempo de seu sono criogênico. Misteriosos sinais vindos dos confins do espaço são recebidos pelo computador de bordo, e a equipe é acionada para...
Star Wars: Um Novo Amanhecer - John Jackson Miller
Desde os terríveis acontecimentos em STAR WARS - Episódio III: A vingança dos Sith, quando todos os Jedi foram perseguidos e condenados à morte, Kanan Jarrus tem...
Eu, Robô - Isaac Asimov
Eu, robô reúne os primeiros textos de Isaac Asimov sobre robôs, publicados entre 1940 e 1950. São nove contos que relatam a evolução dos autômatos através do tempo, e que contêm em suas páginas, pela...
Nosferatu - Joe Hill
ictoria McQueen tem um misterioso dom: por meio de uma ponte no bosque perto de sua casa, ela consegue chegar de bicicleta a qualquer lugar no mundo e encontrar coisas perdidas. Vic mantém segredo sobre essa...

RESENHAS MAIS LIDAS

LEIA MAIS

Resenhas

Só por Hoje e para Sempre - Renato Russo
Entre abril e maio de 1993, Renato Russo passou vinte e nove dias internado numa clínica de reabilitação para dependentes químicos no Rio de Janeiro. Durante...
Espinho de Prata - Raymond E. Feist
Durante quase um ano, a paz reinou nas terras encantadas de Midkemia. Porém, novos desafios aguardam Arutha, o Príncipe de Krondor, quando Jimmy, o mais jovem...
Roleta Russa - Jason Matthews
Desde pequena, o sonho de Dominika Egorova era fazer parte do Bolshoi, o balé mais importante da Rússia. Após ser vítima de uma sabotagem, porém, ela vê sua promissora carreira se encerrar de...
A Desconhecida - Peter Swanson
Uma história sombria, em uma atmosfera romântica e um quê de Hitchcock, sobre um homem que fora arrastado para uma trama irresistível de paixão e assassinato quando um antigo amor reaparece em uma noite de...

MAIS LIDAS

LEIA MAIS